Crea sito

O medo evoca “monstros ferozes e assustadores”

Não temos o perfil deste canal. Caso você tenha maiores informações sobre o perfil deste Canal e queira nos fornecer, será um prazer colocarmos em nosso banco de dados.

Mensagem de 2015

Estamos em um momento de mudanças imensas de energias, e o que terá um impacto a mais neste momento é a desintegração, o abandono, a morte do velho Adão/Eva para que possamos ressuscitar e renascer para o novo Adão/Eva Kadmon em corpos de luz.

Assim muitos de nós, que passamos por iniciações severas nos últimos anos, e tivemos que abandonar pele após pele, banco de memória após banco de memória.

Ficamos despidos até o núcleo central da nossa alma.

Esse menino/menina, adolescente confuso precisa ser liberado, pois é o Eu inferior da alma, o Eu animal, o que às vezes faz nos comportarmos de forma irracional e nos mantêm prisioneiros do medo: o medo de verdadeiramente nos abrirmos para amar e ser amado, o medo do abandono, o medo da perda, o medo de morrer, o medo da mudança e o medo de ter que sair de nossas prisões auto criadas para a liberdade absoluta de apenas ser.

O Eu superior da alma conhece e não está limitado ao planeta, mas voa cosmicamente livre.

É a versão expandida infinita de nós mesmos, a alma ilimitada que teve bilhões de vidas, vidas paralelas em Universos cósmicos e Omniversos.

É ilimitado, eterno e, portanto, não conhece tempo nem barreiras.

Ele é livre para SER, apenas ESTÁ em qualquer existência ou forma.

Nos tempos antigos alguns adeptos após sua iniciação elevada, podiam facilmente mudar para qualquer forma que quisessem adotar em certos trabalhos de energia.

Eles literalmente se tornavam a força ao se deixar desintegrar e remontar.

Não havia medo de perda da forma física, pois não estavam presos a esta forma.

Sabiam que o corpo físico era apenas um vaso, um veículo que foi adotado em um piscar de olhos na eternidade, a verdadeira forma da sua alma era de pura luz de energia.

O EU superior da alma conhece somente o AMOR.

Ele não pode ser diferente do amor em constante expansão sobre si mesmo.

No entanto, o Eu inferior da nossa alma nos governa enquanto estamos aqui neste planeta e seguimos submersos no mar do esquecimento, os medos servem para nos manter prisioneiros, junto com a culpa, vergonha, falta de autoconfiança, baixa autoestima, nos fazendo tremer de medo do poder do amor, temendo o grande catalisador da mudança.

Nós mantemos nossa vida cultivando a nossa dor, nossos medos e nossas limitações.

O EU superior da alma só conhece o AMOR e de forma expandida, não conhece o medo, não conhece nenhuma perda, não conhece fronteiras, pois só funciona e opera a partir do conhecimento cósmico e da profunda sabedoria interior, que sabe que não existe tal coisa como o medo, não existe tal coisa como perder o amor, nem que existe limitação.

Ele só conhece o estado de ser expansivo cósmico, de ser a consciência na sua forma ilimitada.

Eu adquiri este entendimento do ilimitado, da expansividade do Eu superior da alma, nos tempos em que me pediram para abrir portais de energia em massa e eu literalmente tinha de permitir que o Eu inferior da minha alma fosse desintegrado, para que o EU superior da minha alma pudesse intervir totalmente, permitindo me TORNAR as energias e os campos de energia e, em seguida, permitir que tudo mudasse como deveria ser.

Como o meu Eu inferior se ligava ao temor, eu tive de deixa-lo ir completamente, para que este trabalho de compensação de energia pudesse ser feito.

Isto me deu uma imensa compreensão de que eu era totalmente capaz de intensificar meu EU superior da alma, então não importava o que acontecia em torno de mim, não importava como tudo se desintegrava eu estava totalmente em meu poder, o poder do EU superior da alma, que me permitiu ser expandida cosmicamente, aos reinos infinitos onde me tornei a que está sempre presente e sempre expandida, sempre recriando a mim mesma.

Sem medo de perda, sem medo de desintegração, sem medo de perder o Eu, sem medo de perder a forma corpórea, sem medo da mudança ou da expansão.

Eu não tinha mais nada me segurando, me agarrando, nenhum império auto imposto, nenhuma prisão auto criada, e nenhum Eu inferior.

O Eu inferior tinha desaparecido, mas ativou simultaneamente o ilimitado EU superior, a própria alma ilimitada, a verdade de quem e o que eu sou.

É isto agora exatamente o que está acontecendo com todos nós neste momento.

O Velho Adão e Eva serviram ao seu propósito.

Esta foi a mais baixa forma de existência que a alma humana já experimentou neste planeta na 3ª dimensão.

E isto agora está se desintegrando.

Nós só vamos temer a mudança, o medo de amar outra alma com tudo o que somos, ou o medo da dor, ou o medo de nos perdermos totalmente em nossas prisões auto criadas, se nós nos recusamos a deixar ir.

Algumas pessoas se agarram ao seu pequeno menino/menina adolescente, seu Eu inferior com tudo o que têm, porque estão um pouco confusas e com medo, estão com medo de perder, medo de amar com o coração aberto, estão com medo de serem feridas, estão com medo de serem abandonadas, estão com medo do mundo em geral.

O medo evoca monstros ferozes e assustadores, onde na realidade não há nenhum.

Elas sempre encontram desculpas para não amar, não ser, não se expandir, não sair de suas próprias prisões e zonas de conforto.

Elas temem seu próprio poder acima de tudo, elas temem assumir a responsabilidade por sua própria vida, na medida em que o seu EU superior deseja trazer.

Uma vez que elas estão feridas ou magoadas, constroem fortalezas em torno de si e do seu coração, então alguns estão com sua criança interior muito assustada e machucada, querendo abraçar de volta o útero da mãe, para sua proteção e para não enfrentar o mundo em geral.

Não há mais necessidade da pequena criança.

Aquela pequena criança adolescente, tem agora que intensificar os campos de frequência de vibrações mais elevadas, na verdade ela não pode ir para lá.

Tem que se desintegrar para o verdadeiro EU da alma percorrer os portais se abrindo, expandindo totalmente o núcleo da alma até o EU superior, que não conhece limites.

Somente o EU superior da alma pode entrar no pleno poder de co-criação, que é a forma como a Nova Terra será criada.

Eu vejo essa consciência como expansiva, a consciência da co-criação onde assumimos responsabilidade por tudo aquilo que criamos.

Não se pode verdadeiramente amar outro ser humano, enquanto está presente esta criança interior com medo, é preciso colocar para fora o que está mais vulnerável, criamos fortalezas porque tememos a dor e a separação, porque tememos amar o outro e algo vai tomar forma, se tememos uma morte no nosso interior ou no nosso exterior.

Isto tem que ser liberado, para podermos entrar na maturidade da alma e ativação completa da alma, bem como de incrível quantidade de serviços elevados.

Não podemos nos permitir mais ser reduzidos pelo Eu inferior da alma, nestes próximos meses e anos.

Temos de entrar na plena maturidade e ativação completa, bem como nos expandir totalmente para o serviço cósmico.

O velho Adão e Eva e todas as personalidades baseadas no medo, são personalidades inferiores independentes, as máscaras, a pretensão, tudo isto temos que deixar ir.

Se não estamos dispostos a abrir mão dessa consciência, partes de nós mesmo vai se desintegrar e não conseguiremos mais manter a nossa forma física por causa disto, então vamos precisar deixar o planeta.

Esta é a realidade do momento.

Como a Terra está subindo para faixas de frequências mais elevadas e potentes, nossos egos inferiores têm de passar através dos fogos de purificação e é sobre tudo isto que são estes tempos.

A purificação.

A desintegração, para que possamos ser reagrupados na versão mais elevada de nós mesmos e para a consciência expandida do SER.

Que aqueles que têm ouvidos interiores, ouçam com a ativação total.

Que aqueles que têm olhos interiores, vejam com a ativação total.

Que aqueles que têm conhecimento, compreendam com a ativação total.

Deixe isto ser escrito.

Que isto seja feito.

Por que isto é da consciência cósmica imortal do Sol.

Judith Kusel

Fonte: judithkusel  –  Tradução: A Luz é Invencível

CONSULTE NOSSA AGENDA COM OS SERES DE LUZ

CLIQUE AQUI e SAIBA MAIS!

Tags: