Crea sito

O sexo é um dos caminhos para o divino

Não temos o perfil deste canal. Caso você tenha maiores informações sobre o perfil deste Canal e queira nos fornecer, será um prazer colocarmos em nosso banco de dados.

Mensagem de 5 de Novembro 2017

Seguindo na mesma lógica de controle onde todos devem ser infelizes, o contato natural com o divino foi também bloqueado.

Sim, desde as eras mais remotas o sexo foi a porta de acesso ao divino. Era um caminho natural que não exigia nenhuma técnica, apenas o amor puro.

Esta porta precisava ser fechada para evitar que o homem pudesse acessar o divino e ser independente. Primeiro tornou-se pecado, depois sujo, por fim pornográfico e agora dentro da espiritualidade é associado às forças trevosas e maléficas.

O que abre as portas para as forças trevosas não é o sexo, mas o que se passa na cabeça das pessoas. Milhares de textos dito “espiritualistas” são espalhados criando mitos de que o sexo abre as portas para os lados escuros da espiritualidade. Tudo isso continua sendo parte da grande trama de controle do governo mundial.

Até a palavra sexo ficou difícil de ser usada, pois o que ela representa hoje não tem nada a ver com sua origem.

Fica difícil na sociedade de vocês tentar descrever como deveria ser praticado. Mas sexo e espiritualidade são a mesma coisa, o sexo é um dos caminhos para o divino, o caminho que sempre esteve a disposição de todos, e o mais simples. E como tal é sagrado, e deve ser encarado em toda a sua sacralidade.

E o sagrado é incondicional por natureza. Não combina com apego e nem com compromissos. Tudo isto veio depois, como forma de destruição do sagrado no sexo.

Quando se fala em sexo sem compromisso e sem apego, vocês logo pensam em promiscuidade. Pensam assim porque suas mentes foram profundamente danificadas. Logo esquecem que o sexo é sagrado. Por isso não se torna promíscuo, porque como sagrado é uma extensão do carinho e do amor, o sexo une as pessoas em sua plenitude. De uma forma tão completa que não há mais a necessidade de procurar por outras experiências. O sexo promíscuo, é o sexo sem amor, que causa apenas frustração.

Pouquíssimos de vocês hoje conseguem praticar o sexo em toda a sua sacralidade, com amor verdadeiro e incondicional. Este sexo é o verdadeiro ato sagrado de comunhão com o seu Deus.

Estes poucos que detém esta capacidade são incompreendidos e acabam por abdicar deste ato sagrado. Mas este não é o caminho. Se você chegou a esta compreensão, há um motivo, você é uma luz na escuridão. Não será compreendido, mas deixará uma semente nas mentes por onde passar. Siga seu caminho como faziam os antigos Mestres Solares. Você é um deles, o caminho é difícil, mas é a sua missão. Você sabe.

Se você não chegou a esta compreensão, abra sua cabeça, procure fazer o sexo apenas com as pessoas pelas quais tem um amor profundo, faça sempre sem pressa, apenas quando estiver feliz, procure não estar sobre o efeito de álcool e drogas, e procure não pensar, apenas sinta e deixe-se levar. Procure sentir cada toque, cada sensação, seja suave e use movimentos lentos. Celebre cada instante, cada toque, cada olhar e você estará entrando no sagrado.

E você nunca mais será o mesmo. Terá praticado uma coisa que hoje na sua sociedade não tem mais nome, pois seu antigo nome foi corrompido.

Fonte: Prama Shanti – https://pramashanti.wordpress.com/2017/11/05/o-padrao-sexual/

Categorias:Ensinamentos