a singularidade reside no profundo